Situações: da tecnologia à interação entre arte e política | apresentação da tese de doutorado de Dario Vargas 

dario vargas

 

SITUAÇÕES: DA TECNOLOGIA À INTERAÇÃO
ENTRE ARTE E POLÍTICA

 

apresentação da tese de doutorado de DARIO VARGAS
participação especial do Prof. Dr. MARCUS BASTOS

 

O Atelier Paulista convida o artista Dario Vargas para apresentar sua tese de doutorado Situações: da Tecnologia à interação entre Arte e Política com interlocução do Profº Drº Marcus Bastos. Trata-se de expor o resultado de uma pesquisa, cujo objetivo é a criação de experiências estéticas no espaço urbano como forma desencadeadora de atos de resistência e de expressão efetiva no âmbito da prática política.

“[…] A hipótese é de que a eficácia estética desses experimentos, com o uso dos dispositivos teleinformáticos, evidencia as potencialidades político-ideológicas contidas na mídia, cujos usos costumeiros têm se prestado preponderantemente aos propósitos da ordem da produção e reprodução capitalista. O conceito de ‘situação’, expresso na ideia central do movimento Internacional Situacionista (IS), tem particular relevo para a experimentação poética aqui referida, uma vez que ele consiste na adoção de um ‘comportamento experimental poético’ como procedimento de intervenção afetiva no cotidiano, visando sua transformação ’em uma qualidade passional superior”.

Ainda, nesse dia, serão exibidas algumas das obras resultantes das experiências desenvolvidas no processo do doutorado com possibilidade de aquisição e também haverá pré-venda da edição digital da tese em pdf.


Entrada franca
Data: Quarta, 6 de dezembro de 2017
Horário: 20:00
Local: R. Amália de Noronha, 301
(5 min. do metrô Sumaré)

 

Vagas limitadas! Inscreva-se:
atelierpaulista@gmail.com

 

DARIO VARGAS

Artista, Designer e Doutor em Artes Visuais pela ECA-USP, com titulação de mestrado obtida na mesma Universidade na orientação da Profª Drª Branca de Oliveira e do Profº Drº Gilberto dos Santos Prado, por essa ordem. Tem suas investigações orientadas às relações entre atividade política e artística, para qual análise usa critérios afins ao Situacionismo. É membro ativo dos Grupos de Pesquisas “Realidades” ECA/USP e “A Vida Cotidiana e o Urbano” FLG/USP, sob coordenação das Profª Drª Silvia Laurentiz e Profª Drª Amélia Luisa Damiani, respectivamente. Participou também do Grupo de Pesquisa “Poéticas da Multiplicidade” ECA/USP da Profª Drª Branca de Oliveira e “Poéticas Digitais” ECA/USP coordenado pelo Profº Drº Gilberto Prado. Possui graduação em Design Gráfico pela Universidad Nacional de Colombia (2000). Foi professor nas áreas de design gráfico, fotografia, cinema, televisão e artes plásticas em diferentes universidades de Bogotá (Colômbia).

 

MARCUS BASTOS

Artista, Curador, Pesquisador e Professor nas áreas de convergência entre o Audiovisual, Design e Mídias Digitais. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, é autor do e-book “Cultura da Reciclagem” (Galeria NOEMA, 2007) e um dos organizadores de “Apropriações do (In)comum: espaço público e privado em tempos de mobilidade” (Instituto Sergio Motta, 2009). Editou, com Lucas Bambozzi e Rodrigo Minelli, “Mediações, Tecnologia, Espaço Público – Um panorama crítico da arte em mídias móveis” (Conrad, 2010). Entre seus projetos recentes estão “Cenas Paulistanas” (composição audiovisual criada com Natália Aly e Rodrigo Gontijo, SESC-Ipiranga, 2013) e “Canteiro de Operações” (videoensaio no DVD homônimo de Nelson Brissac, José Resende e Heloísa Maringoni, 2012). Dirigiu documentários experimentais como “Giuseppe, etc.” (2011), Radicais Livre/os (2006) e “Interface Disforme” (2006).

About admin

Leave A Reply